Ampliação da rede de internet nas escolas municipais possibilita aprendizagem e desenvolvimento na educação

 

Publicado em: 03/12/2022 10:06

Whatsapp

 


As escolas municipais Professora Cicinha Moura Simon, Centro Educacional de João Monlevade, Cônego José Higino de Freitas, Germin Loureiro, Governador Israel Pinheiro (Emip), Monteiro Lobato e Promorar serão beneficiadas com o fornecimento gratuito de internet pelo Instituto Escolas Conectadas. A informação é da articuladora municipal do programa Educação Conectada da Prefeitura de João Monlevade, Sônia Maria Frade Almeida. Ela esclarece que apesar dessas escolas já contarem com internet e infraestrutura para uso pedagógico por meio do Programa da Inovação Educação Conectada (PIEC), a doação do fornecimento gratuito vai ampliar o acesso com práticas pedagógicas inovadoras, uso de recursos e equipamentos conectados, proporcionando o desenvolvimento da cultura digital.

A articuladora explica que a cidade foi escolhida pelo Instituto que já atende outras 75 escolas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Roraima e Espírito Santo. “A doação do fornecimento gratuito de internet veio por intermédio do Instituto, que informou o interesse do provedor Vero em beneficiar as escolas municipais da cidade”, disse.

Nas salas de aula de todas as escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis), assim como na Escola Cicinha Moura, a internet já se faz presente no processo educacional de aprendizagem desde o início das aulas presenciais em outubro de 2021. Para a diretora da escola, Débora Martins, ela é uma ferramenta necessária para potencializar a percepção das crianças. “Muitas delas aprendem com a imagem e existem diversos recursos pedagógicos que os professores levam para as salas de aula da escola”, destaca.

A professora Rosilene Alves Oliveira concorda com a diretora. "Com boa internet, os alunos aprendem em sala de aula com vídeos educativos'', disse.

Instituto - O Instituto Escolas Conectadas é uma Organização Não Governamental (ONG) que tem como objetivo a promoção da educação, inovação e cultura, por meio da universalização do acesso à banda larga, visando a inclusão digital e contribuir com a educação local. A organização conta com mais de 39 mil alunos distribuídos pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Roraima e Espírito Santo.