Prefeitura de João Monlevade acaba com fila de pedidos para tratamentos oncológicos

 

Publicado em: 10/02/2022 16:39

Whatsapp

 

Prefeitura de João Monlevade acaba com fila de pedidos para tratamentos oncológicos

A Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, teve sucesso em dar encaminhamento a todos os pedidos de tratamentos oncológicos que estavam acumulados. Com o trabalho, a Secretaria de Saúde “zerou” a fila de solicitações de tratamento para pacientes com câncer.

Ao todo, foram encaminhados 58 pedidos. Deste total, 56 já foram agendados e apenas dois estão aguardando agendamento. A coordenadora do Serviço Complementar, Ariadne Pereira do Patrocínio, explicou que 39 são de João Monlevade e 17 são de cidades do entorno.

“O Setor de Oncologia também precisa dar seguimento nos pedidos que recebemos aqui, vindo das cidades que integram a nossa microrregional de Saúde, pois somos a referência local. Mas, até mesmo essas solicitações tivemos sucesso no encaminhamento”, esclareceu.

Método de Trabalho
Muito do avanço ocorreu após o Serviço Complementar otimizar seu método de trabalho. Ariadne Pereira explicou que o setor de Oncologia alterou a forma de organizar os pedidos. “Essa reorganização eliminou os problemas que atrasavam as respostas para as nossas solicitações”, afirmou.

A chefe de serviços de Saúde do setor, Renata Motta Silva, destacou que um dos fatores que contribuiu para agilizar o trabalho foi a digitalização de documentos e exames dos pacientes, que são enviados para Itabira através de e-mail. “A forma como era feito antes resultava em diversos contratempos, causando atrasos. Ao aperfeiçoarmos o método, conseguimos alavancar os encaminhamentos”, ressaltou.

A secretária municipal de Saúde, Raquel de Souza Paiva Drumond, comemorou o sucesso nos atendimentos. Ela declarou que a mudança promovida pelo Serviço Complementar resultou em elogios do Setor de Regulação da Secretaria Municipal de Itabira, que recebe as demandas de João Monlevade. “É uma vitória do trabalho da nossa administração e, principalmente, dos servidores dessa área” concluiu.