Festival Pedro Alcântara celebra Semana da Consciência Negra

 

Publicado em: 19/11/2021 07:23

Whatsapp

 

Festival Pedro Alcântara celebra Semana da Consciência Negra

Shows, oficinas, workshop e exposição estão entre as atrações

A Prefeitura de João Monlevade, por meio da Fundação Casa de Cultura, irá realizar diversas atividades em celebração à Semana da Consciência Negra realizada no município. A participação se dará dentro do Festival Pedro Alcântara, que contará com atividades presenciais, oficinas, workshop, exposição e shows.

No próximo sábado (20), às 10h, na sede da Fundação Casa de Cultura, ocorre a oficina 5 Brincadeiras Cantadas Africanas, com o flautista Felipe Eugênio, direcionado ao público infantil. No mesmo dia, às 15h, haverá o Workshop de Dança AfroJazz – Expressões e Corpos Negros que Inspiraram Revoluções na 2ª Arte, com a bailarina Gabriela Isabel. As inscrições podem ser feitas através do link da Casa de Cultura, no site oficial da Prefeitura ou pelo telefone (31) 3851-4499.

Festival Pedro Alcântara

Já na próxima quarta-feira (24), a partir das 18h30, no anfiteatro do Centro Educacional, prosseguem as atrações do Festival Pedro Alcântara, voltadas à Semana da Consciência Negra. A noite será abrilhantada pelos shows dos grupos Barraco 32 & Verso Manso, da cantora Norma de Jesus e da banda 3 Lados Iguais, cantando o Pop Rock Acústico. O evento ainda terá as participações especiais do coral Família Alcântara, do grupo de capoeira Acazump, do Miss Afro, do Festival Integrado da Consciência Negra e da exposição fotográfica Zona Íntima, do fotógrafo Wir Caetano.

O evento terá o formato presencial e online, com a retirada de ingressos na loja Internet Super, no prédio da rádio Alternativa FM, ao lado da Praça Sete, em Carneirinhos. Pela Internet, será transmitido pelo canal da Fundação Casa de Cultura no Youtube.

De acordo com a diretora-presidente da Casa de Cultura, Nadja Lírio Caldeira, a realização desses eventos será muito importante, pois irá celebrar as raízes do povo brasileiro. “Para mim, depois do aniversario da cidade, é a data mais importante como gestora da cultura no município. Isso porque é uma causa que está dentro do meu coração e, ainda, pelo fato de ser a primeira vez, dentro do Festival, que iremos receber a Família Alcântara no palco. Vamos realizar tudo com muito carinho, pois poder celebrar a cultura negra, que é essencial para nossa cidade e para o Brasil e celebrar as nossas raízes é super importante”, afirmou Nadja.