Celebração à Consciência Negra permanece em agenda com outras instituições

 

Publicado em: 18/11/2022 14:11

Whatsapp

 

Apesar do adiamento do Festival Baobá, atividades alusivas à data são mantidas

 

O adiamento do Festival Baobá – Pretas Tradições, que ocorreria no período de 16 a 20 de novembro, em nada compromete a extensão do posicionamento da Administração Municipal e da Fundação Casa de Cultura em valorizar e a celebrar a grandeza da cultura negra tanto em suas expressões tradicionais quanto em suas vertentes mais contemporâneas.

Dessa forma, outras ações que celebram o mês da Consciência Negra, tanto da própria Casa de Cultura quanto de outras instituições, em agenda unificada, estão mantidas.

No domingo, 20 de novembro, data em que se comemora o Dia da Consciência Negra, a Pastoral Afro-Brasileira (PAB) da Paróquia São Luís Maria de Montfort realiza, às 19h, na Igreja Sagrado Coração de Jesus, a tradicional Missa Afro.

No período de 21 a 25, o multiartista belo-horizontino Camilo Gan ministra, a partir das 19h, a oficina de dança Corpo Oralidade (dias 21 e 25 na Casa de Cultura e 23 e 24 no Centro Comunitário do Cruzeiro Celeste).

Uma série de rodas de conversa e seminários ocorrem, em diferentes locais, entre os dias 21 e 29, em iniciativas das secretarias municipais de Assistência Social e Educação e instituições de ensino superior como a Doctum, Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) e Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). Uma audiência pública sobre Consciência Negra, às 14h do dia 29, na Câmara Municipal, fecha o ciclo de eventos celebrativos.