• João Monlevade discute melhorias em Vigilância em Saúde

    Publicado em: 27/07/2017 13:29
    João Monlevade discute melhorias em Vigilância em Saúde
     A 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde (VISA) reuniu dezenas de pessoas nessa terça e quarta-feira, 25 e 26 de julho, na AMEPI (Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Piracicaba), no bairro Aclimação, em João Monlevade. O tema abordado foi "Vigilância em Saúde: Direito, Conquista e Defesa de um SUS Público e de Qualidade".

    O superintendente de Vigilância em Saúde do Estado de Minas Gerais, Rilke Novato Públio, falou sobre o papel da Vigilância em Saúde na integralidade do cuidado individual e coletivo em toda a rede de atenção à saúde e a participação social no fortalecimento da Vigilância em Saúde. Ele defendeu o direito à promoção e proteção da saúde, o fortalecimento das práticas e políticas da Vigilância em Saúde local, o controle social e a democracia participativa.

    Outro assunto abordado foi o acesso e integração das práticas, processos, saberes e tecnologias do trabalho em vigilância. A temática foi trabalhada por Marcelo Barbosa Motta, farmacêutico especialista em saúde pública e saúde do trabalhador e coordenador de vigilância epidemiológica da Gerência Regional de Itabira. Motta explicou que as ações de vigilância envolvem componentes epidemiológicos, sanitários, ambientais, de saúde do trabalhador e de situações de saúde.

    Os participantes apresentaram propostas para a Vigilância em Saúde, em nível municipal, estadual e federal. Entre as propostas votadas estão garantir o financiamento da Vigilância em Saúde de acordo com as condições epidemiológicas e sanitárias, campanhas educativas de responsabilidade social, aumento do quadro de profissionais da VISA e melhoria de estrutura física, infraestrutura de transporte e equipamentos da VISA.

    Foram eleitos para representar João Monlevade na 1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde, prevista para os dias 28 a 30 de setembro, em Belo Horizonte, os usuários da saúde Jalva de Fátima Ribeiro e José Aureliano; a trabalhadora da saúde Lucimara Guerra e Silva e a representante do governo/prestadores de serviço, Carolina Fernanda Gomes, todos com seus devidos suplentes. Nessa etapa, serão eleitos representantes para a 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde nos dias 21 a 24 de novembro, em Brasília.