• Por medida de economia, Saúde transfere o Peito Aberto para a sede do Bem Viver, no Novo Cruzeiro

    Publicado em: 19/05/2017 08:53
     Economizar. Esta tem sido uma das determinações da prefeitura de João Monlevade, sobretudo diante da queda de receita pela qual vêm passando quase todos os municípios mineiros.

    Medidas como a criação do grupo de gestores da economia e transferência da Casa da Cidadania para o prédio da Secretaria de Saúde, foram tomadas objetivando-se diminuir custos(com água, energia elétrica e materiais de consumo, por exemplo) e sair do aluguel.

    Nesta semana, a chefe do Executivo tomou mais uma medida para conter os gastos, ao transferir o atendimento do setor do programa Peito Aberto para a sede do Bem Viver, no Novo Cruzeiro. Com isso, a Prefeitura irá deixar de pagar R$1.327,56/mês de aluguel. Além do atendimento do Programa Peito Aberto, que tem à frente a Dra. Vera Barros, o prédio do Bem Viver receberá, ainda, outras oficinas (além das que já funcionam no local) para atender a comunidade da referida região.

    De acordo com o Executivo, em busca de melhor aproveitamento do prédio do Bem Viver, em breve o local receberá outros serviços que estarão disponíveis à população.