Prefeitura e parceiros retomam Festival de Música

 

Publicado em: 04/08/2011 16:47

Whatsapp

 

A Prefeitura, a Fundação Casa de Cultura e o Sindicato dos Metalúrgicos realizam, entre os dias 2 e 4 de setembro, o Festival de Música de João Monlevade, com prêmios de R$5mil, além de troféus e brindes. O evento conta com apoio das rádios Alternativa e Comunicativa.

As eliminatórias ocorrem na sexta (dia 2) e sábado (3), com final no domingo (4), na praça do Povo, em Carneirinhos, que completa 60 anos de existência em 2011.

Denominado como Festiaço, o Festival já foi realizado em Monlevade na década de 70. Nesta edição, o evento estará aberto aos vários estilos musicais, desde o Pop Rock, à MPB, do Sertanejo ao Eletrônico, da Bossa Nova ao Funk. Poderão participar artistas de todas as cidades brasileiras, mas somente com letras em português.

Os interessados devem se inscrever pelo e-mail fcasadecultura@gmail.com a partir desta sexta-feira, 5, até o dia 25 de agosto, enviando as músicas no formato mp3, letras e fotos. Outras informações, como o regulamento do Festival, estarão disponíveis no blog da Fundação Casa de Cultura

Outra opção é se inscrever na sede da Fundação de Cultura, na rua Timóteo, 172, bairro Lucília, ou no Sindicato dos Metalúrgicos, na rua Duque de Caxias, 163, bairro José Elói. Será cobrada taxa de R$10,00 por música.

As 10 músicas classificadas, caso estejam com gravações de boa qualidade, entrarão na programação regular da Rádio Alternativa1 FM.

“Temos feito todos os esforços para garantir que a população tenha espaços de lazer, sem deixar de valorizar a nossa cultura. Os Festivais em Monlevade eram um importante evento. Além de retomar o Festiaço, estamos valorizando e impulsionando os nossos artistas”, afirmou o prefeito Gustavo Prandini.

 

O FESTIAÇO TEM HISTÓRIA

Realizado com sucesso na década de 70, o Festival de Monlevade foi pioneiro na região e no estado, inspirando a realização de outros festivais, alguns que perduraram até hoje como o de Alvinópolis e outros que nem existem mais.

No ano de 1974 houve uma edição diferente, com vários dias de duração e que foi denominado “Festiaço”. O Festival de Música foi inserido dentro da programação, que contava com shows de vários astros da música popular da época.

O presidente da Fundação Casa de Cultura, Marcos Martino, explica que a reedição do Festival de Música e a reutilização do nome Festiaço se justificam pelo fato de o aço ser o elemento/produto que realmente caracteriza a cidade. “Considerarmos o nome bastante sonoro, fácil de gravar, podendo promover um diálogo e link com a história bonita dos festivais pioneiros da cidade”, explicou Martino.

Atualizado: 31/08/2011

[foto1]